Sicoob entre as Melhores e Maiores Empresas 2016

Ranking da EXAME, reconhecido por destacar empresas e instituições de maior excelência no Brasil, aponta o Sicoob como 51º maior grupo e exalta operação do Bancoob em nove categorias.

O maior Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, o Sicoob, desponta como um dos 200 maiores grupos do Brasil pela Edição Especial da Revista EXAME – Melhores e Maiores 2016. O Sicoob ocupa o 51º lugar no ranking, demonstrando sua força entre as instituições financeiras no País e representando todo o potencial do cooperativismo brasileiro.

Adicionalmente, o Bancoob – agente financeiro e facilitador na redução dos custos das cooperativas do Sicoob – está contemplado como um dos 100 maiores bancos da América Latina e como um dos 50 maiores bancos brasileiros. É também destaque nas categorias de Crédito Rural, em 5º; Crédito para Grandes Empresas, em 13º; Empréstimos e Financiamentos, em 20º; Depósitos em Poupança, em 9º; Total do Ativo Ajustado, em 17º; Riqueza Criada por Empregado, 13º; e Emissões de Cartões de Crédito, em 10º.

O ranking tem como base as informações financeiras de grandes empresas do país, por meio de levantamento de demonstrações contábeis com o parecer de auditores independentes. O Melhores e Maiores – 2016 está disponível no portal para assinantes, no aplicativo e na Revista Exame, em todas as bancas do país.

Sicoob recebe prêmios no efinance 2016

A maior instituição financeira cooperativa do país, o Sicoob, conquistou prêmios na 16º edição do efinance com os projetos de mobile banking e a nova plataforma para concessão de crédito rural. A cerimônia realizada em São Paulo, na noite de 22 de junho, teve como objetivo identificar e apontar os projetos mais importantes na área de tecnologia da informação e comunicação implementados pelas organizações financeiras do país.

O case Mobile Banking Sicoob foi eleito o melhor em sua categoria devido a sua eficiência e soluções inovadoras. “Uma em cada três operações realizadas em nosso sistema foram por meio do dispositivo móvel no último mês. O cooperado encontra em seu bolso os mesmos recursos disponíveis do internet banking e das agências, com mais de 100 possibilidades de transações”, ressalta Ricardo Antonio de Souza Batista, diretor de Tecnologia da Informação da instituição.

O aplicativo mantém também uma alta aprovação dos usuários. Sua nota de satisfação atingiu o índice de 4,7 de em um total de 5 nas lojas virtuais da Apple e Google, superando os números das aplicações dos grandes bancos de varejo. Este cenário se explica devido à simplicidade do uso atrelada às constantes inovações do Sicoob para acompanhar as novidades de cada dispositivo. Um exemplo é o sensor de biometria para dispositivos com sistema operacional iOS e Android que facilitam o reconhecimento do associado durante o login e substitui o uso da senha.

Já a nova Plataforma de Crédito Rural levou o título de melhor case na categoria de crédito rural. Com a plataforma, o funcionário da cooperativa pode realizar a aprovação de crédito rural em qualquer lugar, remotamente, a partir de dispositivos móveis como smartphones e tablets. “Isso proporciona mais agilidade e menos burocracia, fatores que contribuem para a chegada dos recursos financeiros a produtores rurais alocados em regiões mais afastadas dos grandes centros urbanos no país”, destaca Ricardo.

“O reconhecimento do Prêmio efinance, pelo sexto ano consecutivo, expressa a liderança do Sicoob na adoção de tecnologias e canais digitais inovadores no sistema financeiro. O objetivo das novas tecnologias é utilizar os recursos disponíveis em cada dispositivo sempre com foco na melhoria da experiência do usuário”, completa.

Prazo para atualização do Sicoobnet Pessoal termina hoje

Terminou no dia (31/3) o prazo para a atualização do SicoobNet Pessoal, denominada “Efetivação em Dois Passos”. A medida tem o objetivo de evitar ocorrências de fraudes no mercado financeiro por meio de técnicas de invasão de máquina (computador), em que o fraudador realiza operações utilizando o equipamento invadido, principalmente agendamento e/ou pagamento de título, convênio, transferência de recurso por meio de TED e DOC, entre outras transações.

A efetivação em dois passos consiste em realizar operações financeiras no computador em duas etapas. Na primeira, o associado cadastra a operação do jeito que sempre fez. Na segunda, efetiva a operação. A diferença é que, em vez da senha do cartão, o cooperado deve digitar um código de seis dígitos, gerado pelo QR Code ou informado no Cartão de Segurança do Sicoob. Saiba mais em www.sicoob.com.br/efetivacao

TED deixa de ter valor mínimo a partir de hoje

Não será mais exigido um limite mínimo de valor para transferência por TED (Transferência Eletrônica Disponível) a partir desta sexta-feira (15). Nos últimos anos o limite para TED sofreu diversas alterações. Até ontem (16), o valor mínimo para a realização da transação era de R$ 250.

Diferente do DOC (Documento de Crédito), quando é necessário aguardar pelo menos 24 horas para que seja concluída a transferência solicitada, a TED entra na conta do destinatário no mesmo dia em que a transação é solicitada.

As tarifas cobradas para a realização da TED variam de cooperativa para cooperativa. Para saber os preços praticados, o cooperado deve consultar sua cooperativa de relacionamento.

Cooperativas do Sicoob apresentam resultado de R$ 2,3 bilhões em 2015

As cooperativas do Sicoob (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil), maior sistema financeiro cooperativo do país, apresentaram resultado de R$ 2,3 bilhões no exercício de 2015, que equivale a um crescimento de 14%, contra R$ 2,0 bilhões contabilizados em 2014. Os ativos totais alcançaram R$ 57,1 bilhões, evolução de 18,9% em relação à igual período do ano anterior.

A carteira de crédito somou R$ 32,2 bilhões, levando em conta as provisões para crédito de liquidação duvidosa, incremento de 16,1% (+5,5% descontada a inflação) em comparação aos R$ 27,7 bilhões registrados em 2014. As carteiras de crédito consignado e rural, destaques no período, tiveram crescimento de 24% e 23%, respectivamente.

Os depósitos das cooperativas do Sistema somaram R$ 31,6 bilhões no último exercício, aumento de 21,5% em relação ao período anterior, com destaque para os depósitos a prazo e de poupança, que evoluíram 25% e 7,7%, respectivamente. Já o patrimônio líquido registrou saldo de R$ 14,1 bilhões em 2015, com avanço de 16,3%.

“No Sicoob, diferente das instituições financeiras convencionais, os resultados das cooperativas retornam para o associado”, explica o presidente do Sicoob, Henrique Castilhano Vilares. “Em dezembro de 2015, por exemplo, parte das Cooperativas do Sistema creditaram R$ 562 milhões na conta capital dos associados (R$ 61 milhões direto na conta corrente)”, destaca Vilares.

Além deste pagamento, os associados recebem anualmente a distribuição dos lucros (sobras) do exercício da cooperativa, pago após deliberação em assembleia, que será realizada em abril de 2016. “Os resultados apresentados pelas cooperativas do Sicoob são reflexo da ampliação dos esforços para atender os associados e suas comunidades, aumentando a disponibilidade de crédito, mantendo taxas e tarifas competitivas”, enfatiza Henrique.

Inadimplência

O índice de inadimplência, com atraso superior a 90 dias, apresentou aumento, passando de 1,7% em 2014, para 2,5% no ano passado, resultado consideravelmente inferior ao registrado pelo Sistema Financeiro Nacional (SFN), com atrasos em 3,4% dos contratos em 2015, mas ainda assim relevante. Só na modalidade de capital de giro, muito utilizado por pequenas e médias empresas, o índice subiu 1,4 ponto percentual, passando para 4,1% no último exercício.>